FINAL FANTASY – Curiosidades

ALUSÕES

Final Fantasy tomou muita influência de Dungeons & Dragons, tendo inúmeras referências a este. As versões posteriores do jogo também fazem referências a outros jogos da própria série Final Fantasy.


CURIOSIDADES

Em Final Fantasy IV: The AfterYears, os Four Fiends são guardiões dos cristais da True Moon.

Supostamente, o mundo de Final Fantasy tinha summons em determinado momento, como mostrado em Dissidia Final Fantasy, mas Chaos os baniu para o Interdimensional Rift.

As versões originais de Famicom e MSX tinham alguns gráficos distintos. Duas das mudanças mais óbvias foram feitas em dois tipos de monstros – as Medusas originalmente tinham a parte do corpo nu, enquanto os inimigos do tipo Eye eram originalmente chamados de Beholders, como em Dungeons & Dragons. Em versões posteriores isso foi mudado, incluindo a arte da versão japonesa de Final Fantasy I & II do Famicom. Os gráficos do Beholder foram restaurados em Dissidia Final Fantasy na forma de ícones de jogador, mas os gráficos revisados do Master, Red Wizard, e White Wizard permaneceram.

Alguns dos aspectos recorrentes da série não aparecem até versões posteriores. O Final Fantasy original não tinha um personagem chamado Cid até Cid of the Lufaine ser mencionando pela primeira vez no remake Dawn of Souls. Já que chocobos foram introduzidos em Final Fantasy II, esse também é o único jogo que não os possui, e é um dos únicos três jogos da série principal sem a presença de moogles, já que esses foram introduzidos apenas em Final Fantasy III (sendo eles ausentes em Final Fantasy II e também em Final Fantasy IV).

A edição de NES continha uma pequena referência a outro grande RPG da época, Dragon Warrior. Na cidade de Elfheim, uma das lápides continha a mensagem “Aqui jaz Erdrick.” Erdrick era mencionado com frequência no Dragon Warrior original, e é o protagonista de Dragon Warrior III. Essa referência era originalmente para Link, o protagonista de The Legend of Zelda. Isso foi restaurado e em versões posteriores incluindo Final Fantasy Origins, a versão Dawn of Souls, e Final Fantasy 20th Anniversary Edition para PSP e iOS. Adicionalmente, muitos dos elfos vistos na versão de PSP têm uma grande semelhança com Link.

O designer chefe de Final Fantasy IV, Takashi Tokita, revelou que a abertura de Final Fantasy IV tem a intenção de ser uma homenagem parcial à abertura de Final Fantasy, que ele considera ser icônica na série. “Você começa jogando normalmente, então você cruza a ponte e a aventura começa naquele imenso universo expansivo. A abertura começa repentinamente. Não são os melhores gráficos obviamente, mas a emoção e o sentimento que tive ao chegar naquele profundo e expansivo mundo é inesquecível.”