O Futuro de FF no Brasil! PDF Imprimir E-mail
Dom, 22 de Agosto de 2010 21:21

"O futuro de Final Fantasy no Brasil"
"Pela primeira vez na história um jogo de Final Fantasy será lançado oficialmente aqui no Brasil. A Synergex trará FFVII: Crisis Core ao pais e muitos fãs questionam-se sobre a possibilidade de jogos em português e futuros lançamentos da série. A FF Brasil fez contato com a empresa e conversou com João Gabriel Albani, gerente de produtos da Synergex no Brasil. Que esclareceu as principais dúvidas dos fãs e discorreu um pouco sobre as possibilidades que aguardam Final Fantasy em nosso pais."

 

 

 

 

O lançamento!

A distribuidora Synergex é a primeira em muito tempo a apostar no mercado brasileiro de games. Ela irá lançar jogos oficiais no Brasil e um deles é FFVII: Crisis Core para o PSP que chegará em abril em nosso pais.

A base do preço será entre R$ 179,00 e R$ 199,00. Mas foi divulgado que a Synergex irá trabalhar com preços em cascata, ou seja, que os preços de cada jogo devem diminuir a medida que o tempo passa.

Nada se falou sobre a localização do jogo então provavelmente apenas o manual e a caixa estarão em portugues.

Apesar disso FFVII: Crisis Core será o primeiro jogo de Final Fantasy lançado oficialmente no Brasil, seria muito bom se os fãs apoiassem essa iniciantiva para ajudar que o mercado de jogos nacional entrasse em expansão o que tornaria investimentos mais caros como a localização (traduzir o jogo para português) viáveis algum dia.

Final Fantasy Brasil - É a primeira vez que um jogo de FF vai ser lançado no Brasil. Há outros planos para esta série tão conhecida? Algum que possam falar?

João Albani - A Synergex do Brasil fechou acordo de exclusividade com a Square Enix. É a primeira vez que a Square vai ter a oportunidade de saber qual o verdadeiro volume de vendas de seus produtos em nosso país, graças à nossa proposta de transparência nos negócios. Ou seja, temos bons motivos para acreditar que também traremos os futuros títulos de Final Fantasy da Square.

FFB - É raro uma empresa se aventurar no mercado de jogos brasileiro, devido aos altos impostos responsáveis por elevar o preço dos produtos ao consumidor final. A Synergex vê uma expectativa de melhora nesse cenário para que, algum dia, os jogos e a destibuição deles estejam á um preço mais acessivel?

JA - Sim, temos confiança de que o cenário vai melhorar, com a crescente conscientização da população no que se refere a direitos de propriedade, por exemplo. É a Square que tem os direitos sobre o produto e investe milhões na criação e elaboração de um novo jogo da franquia, e pensando assim é injusto que terceiros busquem usufruir desse produto sem pagar por isso devidamente, você não concorda?

FFB - Sim. Muitos fãs sonham com FF sendo lançado em portugues, ja sabemos que FFVII: Crisis Core será em ingles apenas e sabemos que uma tradução desse porte é complexa e um pouco inviavel dado aos custos. Vocês poderiam falar mais sobre as dificuldades em relação a esse tipo de iniciativa e se há previsão para que um dia tenhamos jogos em portugues? O que é necessário para isto?

JA - Usamos o termo localização porque é mais que uma simples tradução, é sempre necessária uma interpretação do conteúdo e uma adaptação adequada. Para ocorrer a localização do conteúdo do jogo é preciso que o volume de vendas justifique esse investimento pelo fabricante do jogo. Quanto mais peças a gente vender mais o custo de localização será diluído e mais viável se tornará.

FFB - Fora isso a Square-Enix é uma empresa um pouco fechada, sendo que só permitiu que o filme FFVII: Advent Children fosse dublado em Inglês e Japonês apenas. Porém a dublagem brasileira é uma das melhores do mundo. Voces tem interesse em um dia investir em dublagem? Acham que isso poderia ser viavel em breve ou só é algo que pode ser analisado mais tarde? Vocês acham a Square-Enix é maleavel a esse tipo de iniciativa?

JA- Com certeza quando chegar o dia em que fizermos a localização completa de um título Final Fantasy teremos o acompanhamento próximo da equipe da Square Enix para que ela seja impecável.

FFB - No Japão Final Fantasy e outros jogos atingem cada vez mais novas midias. Já foram lançados dezenas e dezenas de albuns da trilha sonora dos jogos de Final Fantasy, e eles tem uma boa receptividade com os fãs. Livros, guias oficiais e artbooks que contam detalhes e segredos inéditos dos jogos tambem fazem sucesso lá. Com os jovens brasileiros cada vez mais interessados na cultura japonesa vocês acham que os jogadores poderam um dia ter acesso a esse tipo de midia? A Synergex pode um dia ter interesse em explorar esse lado do mercado dos jogos?

JA - Estamos interessados sim em trazer itens relacionados aos videogames, e analisaremos a possibilidade de trazer cada um dos produtos com atenção, individualmente.

FFB - Quais são os planos em relação ao marketing? Haverá um foco para tornar os videogames mais populares ou o foco será nos jogadores tradicionais?

JA - Nossos esforços com marketing são voltados nos dois públicos: tanto os gamers, profundos conhecedores da franquia Final Fantasy, como os não gamers, que não conhecem ainda os jogos.

 

Encerra-se aqui nossa entrevista. Gostariamos de deixar registrado nosso profundo agradecimento ao João que dedicou parte do seu tempo a responder nossas perguntas e também a toda acessoria de imprensa da Synergex. Eles e todo a Synergex estão de parabéns pela iniciativa e por apostar no consumidor brasileiro.

Esperamos que esta matéria ajude a concientizar um pouco mais os fãs sobre a importãncia de investir em jogos originais para que um dia este mercado cresça a ponto de ter nossos jogos preferidos em português e diversas outras regalias.

O futuro de Final Fantasy no Brasil não depende apenas das empresas que se arriscam em um mercado novo onde os impostos são mais que um empecilho mas também depende de nós, os consumidores, que como as empresas também sofremos com os impostos mas que também podemos mostrar um esforço quando possivel.