Yoshitaka Amano PDF Imprimir E-mail
Dom, 22 de Agosto de 2010 21:17

Yoshitaka Amano

Muita gente não gosta de seus trabalhos, mas a verdade é que, muito antes de Tetsuya Nomura ser o “queridinho” da Square Enix, Yoshitaka Amano era responsável pelos personagens da série Final Fantasy. Até o sexto capitulo de FF, Amano era responsável pelas ilustrações e todos os personagens. Além disso, não vive só de jogos, é reconhecido por seu trabalho em Vampire Hunter D (anime), Hutch the Honeybee e Gatchaman. Nos quadrinhos se destacou por Sandman: The Dream Hunters, Elektra and Wolverine: The Redeemer. Hoje em dia Yoshitaka Amano cuida da ilustração do logotipo da série FF, e também o desenho de algumas capas, como a expansão Treasures of Aht Urhgan de FFXI e a capa japonesa de FFIII DS.

Amano nasceu na cidade Shizuoka, no Japão; na adolescência já era fascinado por desenhar. Em 1967 ele começou a trabalhar para a Tatsunoko Productions , no departamento de animação onde foi introduzido ao “mundo” do anime. Seu primeiro projeto pago foi para Speed Racer. Trabalhou côo character design para animes como Time Broken, Gatchaman, Tekkaman, e Honey Bee.



Nos anos 60, Amano foi apresentado a alguns estilos ocidentais e americanos de desenhos. Ele era fascinado pela arte Psicoldelica e “pop”, mais precisamente o trabalho do americano Peter Max.

Nos anos 70, Amano estudou o movimento artístico Europeu do séculos 19 e inicio do 20, conhecido como Art Noveau. Nessa época também estudou o estilo japonês de pintura conhecido como Ukyo-e. Continuou nas Tatsunoko Produções até ele sair em 1982.

No início dos anos 80 ele estava concentrado no seus primeiro trabalhos de ficção cientifica e fantasia, enquanto ainda mantinha influencia das animações em que trabalhara e outras ilustrações dos anos 60 e 70. Ele criou um estilo único, do surrealismo moderno, e o realismo de clássico. As ilustrações de Amano se tornaram inconfundíveis, qualquer um que a veja, sabe distinguir de longe, que é de sua autoria.

Em 1983 ele estava por trás das ilustrações de Demon City Shinjuku e Vampire Hunter D. Este último foi adaptado para filme em 85, no qual Amano trabalhou como character designer. Foi um dos primeiros filmes a ser lançado fora do Japão.

Em 1987 ele foi introduzido em um novo departamento de arte com futuro promissor, os vídeo games. Ele entrou na Square para trabalhar no que seria o último jogo para o Famicon (nintendinho), Final Fantasy. Mesmo com a tecnologia dos vídeo games muito precária, Amano produziu imagens nos dois modos, tradicional, e no computador. O primeiro Final Fantasy foi um sucesso, e trouxe popularidade no ramo do RPG para Square, no Japão. Mas a série ganharia uma fama internacional e continuaria por muitos anos. Nessa hora, ele também trabalhou para outra empresa de jogos, chamada Kure Software Koubou, onde ele fez ilustrações das capas, e alguns personagens. O jogo chamado First Queen nunca atingiu fama fora do Japão.

Em 1989 ele teve sua primeira exibição chamada “Hiten” em Yrakucho Mullion em Tokyo, Japão. Ele continuou a trabalhar com a Square e seus FF, e em 1990 ele iniciou seu trabalho em cenários para teatros. Seu primeiro trabalho nesse ramo foi Tamasaburo Bando’s Nayotaki. Durante essa época,ele trabalhou em ilustração, character designer, e cenários para teatros.

Em 1994, após Final Fantasy VI, ele não trabalhou como mais como “principal” criador de personagens, ilustrador, e designer gráfico (ele começou a fazer apenas material promocional para os próximos jogos, e os logotipos da série), mas em 1995 ele começou a ser mais reconhecido pelo mundo todo com seu trabalho em Biennale d’Orléans na França, e então em seu novo workshop em Nova York chamado “Think Like Amano”. Que seguiu outra exibição na mesma cidade no Angel Orensanz Foundation, intitulada “Hero”.

Amano também apareceu no filme de 1998 chamado Ne Rose Hotel, onde ele interpretou o personagem Hiroshi.
Em 2000, Amano fez ilustrações para o escritor de quadrinhos Neil Gaiman, mais especificamente seu trabalho em Sandman: The Dream Hunter, que ganhou vários prêmios. Em 2001 Greg Rucka e Amano colaboraram para outra história em quadrinhos, dessa vez para Marvel, chamada Elektra and Wolverine: The Redeemer.

Em 2006 ele foi selecionado junto com o compositor de Final Fantasy, Nobuo Uematsu pelo criador da série FF, Hironobu Sakaguchi, para trabalhar em sua companhia nova, chamada Mistwaker. Trabalha atualmente com as ilustrações de FFXIII.

Trabalhos em Videogames

Nome do Jogo / Lançamento / Nome do Sitema(s)

Final Fantasy I 1987 NES
Final Fantasy II 1988 NES
First Queen 1988 PC98 & X68000
Duel 1989 PC88
Duel98 1989 PC98
Final Fantasy III 1990 NES
First Queen 2 1990 PC98 & X68000
Final Fantasy IV 1991 SNES
Final Fantasy V 1992 SNES
Kawanakajima Ibunroku 1992 PC98
First Queen 3 1993 PC98
Final Fantasy VI 1994 SNES
Front Mission 1995 SNES
Maten Densetsu 1995 SNES
Front Mission: Gun Hazard 1996 SNES
Final Fantasy VII 1997 PlayStation
Kartia: World of Fate 1998 PlayStation
Final Fantasy VIII 1999 PlayStation
Final Fantasy IX 2000 PlayStation
El Dorado Gate Vol. 1 to 7 2000-2001 Sega Dreamcast
Final Fantasy X 2001 PlayStation 2
Final Fantasy X-2 2001 PlayStation 2
Final Fantasy XI 2002 MS Windows, PlayStation 2 & Xbox 360
Final Fantasy XII 2006 PlayStation 2
Final Fantasy XIII ? PlayStation 3


Animação
• Kagaku Ninja Tai Gatchaman (1972)
• Genesis Climber Mospeada (1983)
• Okawari Boy Starzan-S (1984)
• Sei Jushi Bismarck (1984)
• Tekkaman The Space Knight (1984)
• Angel's Egg (1985)
• Amon Saga (1986)
• Casshan OVA (1993)
• Time Bokkan


Por : Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.