ShinRa PDF Imprimir E-mail
Sáb, 04 de Setembro de 2010 01:09

 

A Shinra Company é uma gigantesca e inescrupulosa empresa de energia elétrica que monopolizou todo o Planeta nos mais diversos setores. Suas pesquisas e projetos fizeram-na mais que uma empresa de energia elétrica, mas a principal responsável por todos os avanços na indústria da genética, dos transportes, na tecnologia bélica e de robótica além de implicar na criação das maiores metrópoles do Planeta.

Por volta de 70 a 60 anos atrás os meios para se conseguir energia elétrica eram escassos e poucos viáveis como o uso do carvão. Tudo mudou quando a Shinra trouxe a nova tecnologia dos reatores Mako que permitem gerar eletricidade em qualquer ponto do Planeta, isso porque os reatores Mako extraem o próprio fluxo espiritual do Planeta, responsável por gerar tudo que a de vivo nele. Obviamente isso consumia aos poucos a própria vida do Planeta, mas o ser humano põe a frente sempre sua própria conveniência e logo todo o Planeta se valia do uso dos reatores da Shinra que adquiria uma quantidade de dinheiro absurda o suficiente para fazer o que bem entender.

Como a distribuição da energia elétrica é algo que obviamente influi na estrutura de uma cidade, logo veio á necessidade de modificar as cidades ou até mesmo criar novas. Com isso a Shinra virou a principal responsável pelo desenvolvimento urbano das maiores cidade do Planeta e nasceu então da fusão de oito cidades: Midgard, uma metrópole gigantesca, suspensa por nove pilares e provida de oito reatores Mako. A única que poderia financiar tamanha obra naturalmente era a Shinra, e por conseqüência todo o governo de Midgard nada passa de marionetes da empresa, que decide o que bem entende sobre a cidade sem deixar que isso fique muito óbvio a população.

A Shinra também financiou a indústria de transportes, tanto de aeronaves como automóveis. Atualmente as maiores aeronaves do planeta (a Highwing e a imensa Gelinka) nasceram de projetos financiados pela Shinra e é ela a única empresa a vender automóveis no mundo.

A empresa também financiou um projeto espacial. Apesar de desenvolver um foguete capaz de chegar ao espaço o projeto foi cancelado após sua primeira falha. Da mecânica a robótica é apenas um passo em direção a evolução, e logo a Shinra construiu robôs que em sua grande maioria servem para finalidades bélicas.

Sem ninguém para impedi-los, a Shinra faz tudo para defender seus próprios interesses, não importa os meios ou quantas vidas inocentes acabem para que seus segredos escusos não venham a público.

Diretoria

Presidente Shinra – O Inescrupuloso presidente da empresa que nunca mediu esforços e vidas inocentes para conquistar o que almeja. Comanda toda a empresa e sempre usou o dinheiro e a imprensa para manipular o povo. Planejava encontrar a “Terra Prometida” que os Cetra mencionavam, um lugar onde o Lifestream é tão abundante que não precisaria ser drenado para poder ser visto, lá ele construiria Neo-Midgard. Porém seus planos foram interrompidos quando Sephiroth reaparece na torre da Shinra para retomar sua mãe e aproveitou para lhe fazer uma “visitinha”.
Rufus Shinra – Vice presidente da empresa, o filho do presidente segue os mesmo conceitos do seu pai acreditando que o povo não só deve ser manipulado mas governado por uma força maior que exerça toda sua força contra oposições. Rufus chega a ser mais frio que o próprio pai e sabe utilizar muito bem seu carisma para conseguir a afeição do público. Também é um eximo atirador com rifles.

Heidegger – O temperamental e desagradável líder da divisão militar da Shinra. Tem o hábito de gargalhar histericamente o que geralmente irrita muito Rufus. Heidegger se irrita muito fácil e desconta essa raiva com hábitos irracionais como empurrar pessoas de pontes (!). É responsável por comandar os Turks, mas não é muito bom nesse papel sendo mais um incompetente na empresa.

Scarlett – A sexy e cruel líder da divisão de armas e tecnologia da Shinra. Apesar de ser fria ela se mostra muito vaidosa. Dada a sua boa aparência e lábia, é ela a responsável pela maioria dos avisos oficiais ao público ou serve de mediadora para clientes importantes.

Hojo – Geneticista e chefe do departamento de pesquisa e ciência da Shinra. Talvez o homem mais imoral e cruel de toda a empresa, usa cobaias humanas para suas experiências e mutações e não tem um pingo de pudor em relação ao que faz. Seus projetos apenas progrediram com o descobrimento de Jenova, uma criatura cujas células podem alterar o DNA do corpo humano. A partir daí se tornou obcecado pelos resultados de suas experiências e seu maior fruto disso tudo... Sephiroth!

Palmer – O obeso e incompetente chefe de expansão espacial. Apesar de dirigir um projeto que resultou na construção de um foguete capaz de ir ao espaço (sucesso só devido aos esforços de Cid) cancelou-o na primeira oportunidade simplesmente por desleixo. Também bateu de frente com Sephiroth mas se mostrou tão insignificante que nem Sephiroth se ocupou em mata-lo.

Reeve – Talvez a única pessoa com um pingo de bom senso na diretoria. É chefe do desenvolvimento urbano e desaprova os atos da empresa que ocasionam na morte de vidas inocentes, achando totalmente desnecessários meios tão escusos. Infelizmente ele nunca é ouvido...


O poder bélico...

Ganhando poderes tão grandes como se fosse uma nação a Shinra também necessitava de uma força militar, nasceu ai um exército, talvez ele tenha sido criado com o falso pretexto de policiar as cidades que a Shinra criara, mas é fato que o principal objetivo da Shinra com uma força bélica grande era naturalmente defender seus próprios interesses. Para quem desejava seguir a carreira militar a Shinra era a única opção...

Em meio a guerras (por razões desconhecidas) com a nação de Wutai e com mais um projeto de uma metrópole nas mãos foi criada em Junon, uma outra cidade, Upper-Junon (Junon Superior ou "Junon de cima" em uma tradução literal) que pode em minutos se modificar e virar uma verdadeira fortaleza bélica. Ela é a única cidade a ter um reator Mako no fundo do mar (para tornar assim inviável sua destruição em uma possível guerra, o que fez a antiga cidade, Lower Junon, empobrecer ja que era uma cidade vivia da pesca e os peixes se tornaram escassos pois o reator drenava a vida submersa do planeta). Upper-Junontambém possui a maior arma bélica criada pela Shinra: O canhão Sister Ray que tem seu poder abastecido por um Huge Matéria (uma matéria que possui um poder centenas de vezes maior que uma matéria comum).

Logo Wutai foi vencida, pela Soldier. Foi aqui que Sephiroth se consagrou como um herói. Afinal Wutai tinha guerreiros poderosíssimos em sua linha de frente, os 5 Deuses e seu líder Godo e é possível que Sephiroth tenha sido o único capaz de fazer frente a ele...

SOLDIER

A ciência evoluiu muito na genética com as pesquisas que a Shinra financiava, e do resultado do confinamento de soldados de elite em energia Mako foi descoberto que as habilidades do ser humano poderiam ser aumentadas e também se adquirir uma maior afinidade com as Materias. Surgia ai a SOLDIER, a tropa de elite da Shinra... Com suas habilidades e forças elevadas aos extremos eles lutam em geral com imensas espadas, as quais podem mover em alta velocidade e com extrema habilidade e força, gerando danos poderosíssimos. A Soldier é sub-didividida em três classes hierárquicas definidas pelo grau de evolução do soldado ao ser exposto ao Mako:

SOLDIERs de Terceira Classe: A mais fraca, mas ainda assim, muito perigosa, prova disso é que eles patrulham e defendem o quartel da Shinra em Midgard. Eles usam uniformes azuis e são 10 vezes mais poderosos que um soldado comum.

SOLDIERs de Segunda Classe: A classe intermediária é bem mais forte e tem o dobro ou o triplo de força de um SOLDIER de Terceira Classe, eles patrulham a cidade bélica de Junon e entram em ação quando a cidade entra em modo de defesa para combates. Fora a Sister Ray eles são a maior força de ataque da Shinra em Junon. Usam uniformes vermelhos.

SOLDIERs de Primeira Classe: A classe mais poderosa, e também a mais rara. Existem poucos soldados de primeira classe, e é obvia a razão...Um SOLDIER de Primeira Classe pode destruir um batalhão inteiro de soldados com as mãos nuas sem ao menos ser atingido! Eles só são convocados em missões especiais e raramente em conjunto. Sephiroth foi o maior SOLDIER que existiu. Eles geralmente vestem uniformes de cor azul escuro, mas é uma classe de tão alta patente que deve ser normal alguns membros se vestirem como bem entendem a exemplo de Seph.

Turks

É uma divisão do setor de investigação de Shinra criada para combater diretamente a AVALANCHE e fazer todo o trabalho sujo da empresa, como assassinatos, seqüestros, etc... Geralmente recebem missões confidenciais que nem a SOLDIER deve ter conhecimento, mantendo assim os segredos mais sujos da Shinra trancados a 7 chaves. Se vestem sempre de terno e gravata e seus membros sempre exibem uma pose peculiar, além do curioso fato de fazer comentários impertinentes.

Antigamente essa divisão tinha cerca de 10 membros (incluso Vicent), mas agora tem apenas 4. Eles são:

Tseng
O líder dos Turks. Tseng é um homem sério e responsável que executa todas as ordens da empresa, mas no fundo não concorda com elas deixando transparecer uma leve melancolia. É amigo de infância de Aeris e mesmo tendo que seqüestra-la nunca deixou de considerá-la uma amiga e vice versa. Acaba ficando entre a vida e a morte quando teve o azar de encontrar Sephiroth no caminho.

Reno
O segundo no comando. Reno é o mais sossegado, preguiçoso e desbocado do grupo. Tem um temperamento calmo em excesso, ele não se importa se o mundo esta acabando ou se a base da Shinra esta sendo invadida, ele só agira se assim for ordenado. Luta com um cassetete de aço e adora bebidas alcoólicas.


Rude

Rude é um homem alto e quieto. Ele não é uma pessoa com muita personalidade e sempre é influenciado pelas atitudes e conversas fúteis de Reno. O que ele mais preza são seus óculos escuros além de uma boa jogatina. Luta com as mãos nuas.



Elena

A novata do grupo. Foi escalada para o cargo quando Reno teve que se recuperar dos ferimentos após uma missão. É responsável e sempre tenta dar o seu melhor nas missões. Vive opinando sobre tudo e geralmente critica a falta de sensibilidade ou o modo desleixado de seus companheiros. Nutre sentimentos e imenso respeito por Tseng.