Guerras e Organizações PDF Imprimir E-mail
Sáb, 04 de Setembro de 2010 00:04



Esta seção tem MUITOS Spoilers! Elá é um resumo dos conflitos politicos e o papel das organizações de Ivalice envolvidas nos confrontos. Se voce jogou e não entendeu confira...

A Guerra dos 50 Anos
A Guerra dos Dois Leões
Hokuten Knights
Nanten Knights
Igreja de Glabados
Lucavi
Temple Knights
Death Corps
Kamyuja

A Guerra dos 50 Anos

Foi um confronto que durou mais de 50 anos entre Ivalice e Ordalia. Ocorreu quando o rei Diwanu
morreu sem nomear um sucessor, o trono foi assumido por Valowa, o irmão do falecido rei mas Denamunda de Ivalice declarou guerra. Ivalice estava vencendo mas Denamunda adoeceu e morreu causando confusão entre as tropas permitindo que Ordalia superasse a invasão de sua capital; Denamunda II assumiu o trono dando continuidade ao confronto, superando inclusive a inclusão de outro reino, Romanda, que invadia Ivalice. Durante a guerra dois esquadrões fizeram a diferença para Ivalice os Hokuten e os Nanten.

Depois de muitos anos de confronto Denamunda II é morto e Ivalice é assumida por Omdolia, um rei incompetente que seguia as ordens de sua mulher a rainha Ruvelia.

Sem um lider a altura Ivalice começou a perder a guerra, mas com os surtos de Peste Bulbônica (Peste Negra) em ambos os reinos e revoltas de fazendeiros inconformados com os impostos que subsidiavam a guerra, a paz ficou conveniente para ambos os lados.

Apesar das varias derrotas, Ivalice conseguiu assinar um acordo de paz graças a imposição de Balbanes Beoulve e Cidoflas Orlandu, lideres dos Hokuten e Nanten Knights. Apesar de Ivalice ter praticamente se rendido para não ser tomada.

A Guerra dos Dois Leões

Quando Omdolia morreu e adoeceu Orinas, seu filho de apenas 1 ano era um dos candidatos ao trono, Larg tutor de Orinas querendo garantir que Ovelia a filha adotiva do rei não assuma o trono, resolveu sequestra-la e mata-la mas com o envolvimento da Igreja ele falhou neste intento.

A Rainha então foi acusada como autora do plano de sequestro e presa. Sem ninguem no trono Goltana reclamou o trono para si como tutor de Ovelia, mas Larg se opõe alegando que Orinas é o real sucessor e que ele, como tutor da criança, deve ser o rei.

Os exércitos dos Hokuten Knights que servem a Larg sobre o brasão do Leão Branco e os exércitos dos Nanten Knights que servem a Goltana sob o brasão do Leão negro então entram em confronto.

A guerra eclode, mas a Igreja trama para matar tanto Larg quanto Goltana assumindo o poder de Ivalice inteira na qualidade de mediadora. Ela envenena a provincia dos Hokuten visando matar Larg e extinguir os Hokuten que envenenados não poderiam reagir... A intervenção de Ramza Beoulve que abre uma represa impedindo a movimentação dos Nanten impede a extinção dos Hokuten, nesse ínterim a Igreja ordena a Delita Hyral que mate Goltana que assim o faz. Porém os planos da Igreja são frustrados quando seu lider é morto por Vormav Tingel, que pretendia ressuscitar Altima a lider dos demônios Lucavi.

Hokuten

A força bélica de Igros e Gallione também defensora da cidade Imperial de Lesalia

Os Hokuten Knights (em uma tradução literal, os Cavaleiros Celestes do Norte) é um dos dois maiores exércitos de Ivalice. Eles respondem as ordens do principe Bestrada Larg, irmão da rainha, cuja familia ganhou poder durante a guerra dos 50 Anos. Ele foi um dos lideres durante a guerra dos 50 Anos mas acabou por delegar todas as ações dos Hokuten ao cargo da familia Beoulve.

Durante esta guerra os Hokutens eram então liderados em batalha pelo justo, bondoso e idealista Balbanes Beoulve, o único guerreiro a atingir o posto de “Heavenly Knight”, seu poder em batalha era tão temeroso que mesmo Ivalice em desvantagem conseguiu assinar um acordo de paz graças a imposição de Balbanes e do Conde Cidoflas Orlandu.

Balbanes no entanto fora envenenado aos poucos, sem saber por seu filho Dyacedarg Beoulve e morreu ao fim da guerra. Respeitando o ultimo desejo do pai Dyacedarg permitiu que os Hokutens então passassem a ser liderados pelo seu irmão mais novo o renomado Arc Knight, Zalbag Beoulve, que fora o único dos filhos de Balbanes a se equiparar ao pai na habilidade com espada. Zalbag já fora um Holy Knight mas suas habilidades excederam a esse posto. Ele fora elogiado pelo próprio rei Denamunda que o classificou como o “Salvador de Gallione”. Zalbag semelhante ao pai também é uma pessoa justa, baseando suas crenças nos ensinamentos religiosos, todavia, diferente do pai ele não ve a plebe com bons olhos. Foi um dos poucos generais a nunca ser derrotado em batalhas durante a guerra dos 50 anos e mais tarde ele fora lider na batalha que extinguiu o grupo anti-aristocrata Death Corps.

Dyacedarg Beoulve, então passara a ser o homem de confiança e assessor de Larg além também de negociador e principal diplomata de Gallione, ele também se igualava a Zalbag em batalha mestrando tanto a arte da espada quanto a magia como Lune Knight.

Com o inicio da Guerra dos Dois Leões os Hokuten passaram a confrontar os Nanten Knights.

Até que a Igreja então envenenou as tropas dos Hokuten e Dyacedarg aproveitou para matar Larg, almejando vencer a guerra depois e chegar ao trono. Porém Zalbag descobre que Dyacedarg também matara Balbanes e os dois acabam morrendo na mesma batalha.

Sem um lider de verdade a participação dos Hokutens na guerra dos dois Leões se encerra.


Nanten

A força bélica de Zeltennia e de todos os reinos do lado leste de Ivalice. Segue as ordens do principe Druksmald Goltana, um dos lideres da guerra dos 50 Anos também membro da familia real, conhecido como o “Duque dos Leões Negros” em referencia ao brasão de sua familia.

Os Nanten Knights (em uma tradução literal, Cavaleiros Celestes do Sul) são um dos dois maiores exércitos de Ivalice, e são liderados em batalha pelo até hoje invencivel Holy Swordsman, Conde Cidoflas Orlandu. Um dos guerreiros mais poderosos de Ivalice durante a guerra dos 50 Anos, denominado por seus inimigos até como “Deus do Trovão”. Fora isso os Nanten também tinham como aliados varios nobres e provincias como Limberry, liderada pelo Marques Mesdoram Elmdor, um bravo guerreiro que superou uma batalha quase perdida durante a guerra dos 50 Anos, sendo conhecido pela sua armadura e cabelo como “O Nobre de Prata” por seus aliados e “O Ogro de Prata” por seus inimigos.

Durante a guerra dos Dois Leões, Mesdoram Elmdor morre enquanto os Nanten mantinham uma batalha igual com os Hokuten até que Orlandu foi deposto em uma trama da Igreja e o posto de lider dos Nanten foi assumido por Delita Hyral, que mais tarde matou Goltana seguindo as ordens da Igreja de Murond.

Delita casou-se com Ovelia e se consagrou como rei dando fim a Guerra dos Dois Leões.

Igreja de Glabados

Uma instituição religiosa que distorceu a história de St. Ajora para poder substituir a antiga Igreja de Fara e assim se formalizar como representantes de Deus clamando que Ajora era uma enviada dos céus.

Liderada pelo bispo Marge Funeral, a Igreja rege a província de Murond e também treina seus próprios guerreiros. Muitos membros da Igreja tem poder entre os nobres além de exércitos particulares. O segundo em comando é o Cardeal Alphonse Draclau, um dos lideres da Guerra dos 50 anos e regente da província de Lionel.

Fora isso a Igreja também tem sua elite militar os Temple Knights que comandam seu exército além dos examinadores de Pagãos que buscam e matam todos aqueles acusados de se voltarem contra as leis de Deus, ou mais especificamente quem ousa ir contra a Igreja.

O Holy Priest, Zalmo Rusnada é um desses examinadores, Simon Pen Rakshu também já foi um mas hoje é apenas um teólogo que vive no monastério de Orbonne.

O plano de Funeral era usar Delita para sequestrar Ovelia e incriminar a rainha pelo crime, com o rei falecido, Larg e Goltana começariam uma guerra pelo trono. O Temple Knight Balk, da Igreja então fica responsável por matar Larg enquanto Delita mata Goltana. Assim a Igreja assumiria o poder, como mediadora e regeria Ivalice fazendo dos Temple Knights heróis ressurgidos como os “Brave Knights”. O que Funeral não imaginava é que seus Temple Knights já tinham suas próprias intenções, pois se aliaram aos Lucavi e logo o mataram encerrando com os planos da Igreja.

Lucavi

Raça de demônios ancestrais que imperam sob o mundo dos mortos. Eles foram vencidos antes pelos Zodiac Braves e suas almas seladas nas pedras Zodiacais. Mas depois de muito tempo eles podem mais uma vez possuir o corpo de humanos desde que a pedra esteja em posse de um corpo receptivo.

O lider dos demônios no passado foi St. Ajora, que após ser executada vendeu sua alma a Lucavi e trouxe a tona Altima (Ultima em uma tradução literal) a Anja do Sangue, sendo selada na pedra de Virgem.

O segundo em comando é Hashalum, o Regulador, selado na pedra de Leão e atualmente hospedado no corpo de Vormav Tingel.

 

Os outros demônios são: Quecklain o rei Impuro selado na pedra de Escorpião, provavelmente foi o rei de Limebrry que trouxe Ajora dos mortos a muito tempo atrás com um pacto, ele se apoderou do corpo do Cardeal Alphonse Draclau; Velius, o Bruxo, um demonio perito em técnicas de envocação e um dos mais fortes Lucavi, selado na pedra de Aries e que se apoderou do corpo de Wiegraf Folles; Zalera o Anjo da Morte selado na pedra de Gemeos que ressuscitou e se apoderou do corpo do Marques Mesdoram Elmdor; E Adremalk o fantasma da Furia selado na pedra de Capricórnio que se apoderou do corpo de Dyacedarg Beoulve.

Fora isso existe Edibilis, um antigo mago da guerra dos 50 anos, perito em técnicas ancestrais de Black Magic e Summoner Magic. seu poder foi decisivo em varias vitórias de Ivalice. Ele hospedou em si um demonio Lucavi cujo nome é desconhecido e que foi aprisionado na 13ª pedra Zodiacal a de Serpentarius. Ao fim da guerra Edibilis passou a viver nas profundezas de um Labirinto subterraneo e parece ser o único Lucavi alheio aos planos de Vormav e Ajora.

O plano de Hashlum era dar continuidade a guerra dos dois Leões para que o fluxo das mortes e almas indo para o mundo dos mortos, conseguisse despertar Altima. Por fim ele descobre que o corpo receptivo a Altima era o de Alma Beoulve

Temple Knights

Grupo de guerreiros de elite da Igreja de Glabados, liderados pelo Divine Knight, portador da pedra de Leão, Vormav Tingel. Eles receberam as pedras zodiacais para mais tardes serem consagrados pela igreja como heróis da Guerra dos Dois Leões como os “Zodiacs Braves” da lenda, mas algumas pedras possuíram seus portadores fazendo-os servos de Lucavi.

Fazem parte dos Temple Knights e são submissos a Lucavi:
O Divine Knight Rofel Wodring, braço direito de Vormav; o renomado mago, antes devoto da Igreja e graduado com louvor na escola mágica de Gariland o Sorcerer Kletian Drowa; O portador
da pedra de Aries, Wiegraf Folles, antigo lider dos Death Knights, dos Death Corps e agora membro dos Temple Knights, seguindo a Igreja para obter poder suficiente para realizar seus ideais;
E por ultimo o Enginner Balk Fezol, um ex-maquinista de Goug Machine City que se envolveu em movimentos anti-aristocratas, despertando ódio na nobreza e se refugiando na Igreja, cedendo suas habilidades com a pistola para os Temple Knights


Além disso fazem parte dos Temple Knights e não sabem sobre o envolvimento de Lucavi: O Blade Knight, Izlude Tingel o inocente filho de Vormav, portador da pedra de Peixes que acredita que a Igreja quer construir um mundo justo e igual para todos e a Divine Knight, Meiladou Tingel, tambem filha de Vormav, portadora da pedra de Sagitario. Ela acha as ações da Igreja válidas para construir um mundo ideal pois não há conquistas sem sacrificios.

 

Death Corps

Grupo anti-aristocráta fundado pelo austero idealista Wiegraf Folles, White Knight e ex-lider dos Death Knights, uma das elites militares da Guerra dos 50 anos que fora dispensada pelos nobres sem apoio ou pagamento algum mesmo depois deles terem fervorosamente protegido o reino. Com o fim da guerra dos 50 anos muitos soldados foram dispensados ficando sem emprego e dinheiro, e os fazendeiros e a plebe sofriam com os impostos e a destruição que a guerra trouxe. Disso nasceu os Death Corps que chegaram a angariar mais de 4000 homens que passaram a retaliar os nobres exigindo ressarcimento por tudo. O grupo trouxe temor a região de Gallione mas foram vencidos pelos Hokuten antes do inicio da guerra dos Dois Leões.

Mesmo com diversos atos terroristas, os Death Corps aos poucos foram oprimidos pelos Hokuten até que foram derrotados em uma batalha derradeira pelas tropas de Zalbag Beoulve, nas proximidades do Forte Zeakden. Além de Wiegraf. Os Knights Miluda Folles e Galgaros Levine também eram lideres em menor hierarquia. Gustav Margueriff era o segundo em comando no grupo mas traira o grupo visando dinheiro ao notar que a derrota seria apenas uma questão de tempo. Ele foi morto por Wiegraf em pessoa.

Kamyuja

Apesar de não ser um guerreiro o duque Gelkanis Barinten lider da província de Fovoham, tem a seu dispor varios grupos de assassinos treinados desde a infancia em seus orfanatos que ele criou após a guerra dos 50 Anos. Profundamente interessado em magias antigas ele queria os segredos das magias do Céu e Inferno da familia Galthana, não conseguindo ele simplesmente resolveu matar todos da familia, mas acabou descobrindo dois irmãos orfãos em seu orfanato que detinham esses poderes.

Kamyuja é o grupo mercenário de Barinten e é liderado pelo Hell Knight Malak Galthana.

Neutro durante a guerra ele não apoiou nem Larg nem Golthana mas descobriu sobre o poder das pedras do Zodiaco e tentou chantagear Vormav. Ao despertar a ira dos Lucavi ele acabou sendo brutalmente assassinado em seu castelo em Riovannes.